Notícias

16/10/2015

Gabriel Cury garante excepcional classificação em evento top de CCE na Holanda

<<Prev Next>>

Pela primeira vez, o Brasil teve uma equipe na final da Copa das Nações de Concurso Completo de Equitação - CCIO***em Boekelo, na Holanda, entre 8 e 11/10, um dos mais importantes eventos da modalidade e que em 2015 chegou a sua 25ª edição. Mas o grande destaque foi 4º lugar individual do jovem talento Gabriel Cury, já plenamente recuperado de sua fratura na perna, montando Grass Valley. Os demais dois integrantes do Time Brasil foram Carlos Parro, o Cacá, montando Summon Up The Blood e Ruy Fonseca com Korsica. Ambos os animais muito jovens acabaram não terminando o difícil cross country.

"É uma emoção muito grande ainda mais porque me contundi e fiquei três meses sem montar. Essa foi a primeira prova de grande dificuldade e consegui obter sucesso é muito gratificante", conta Gabriel.

Fã faz selfie com Mark Todd, bicampeão olímpico neozelandês e treinador do Time Brasil de CCE, e Gabriel Cury; registro: Uptown Eventing

Participaram da disputa 84 competidores, dentre os quais 57 terminaram a competição composta, respectivamente, por uma prova de Adestramento, seguida pelo Cross-country e Salto. Gabriel e Grass Valley fecharam o Adestramento com 48,40 pontos perdidos, apenas 2.40 pontos por excesso no Cross e pista limpa no Salto - conquistando o 4º posto com 50,80 pontos. A vitória individual foi de Nicola Wilson com Bulana, pela Grã Bretanha.

"Na verdade a maior dificuldade foi estar há um longo tempo fora de competição. Mas o meu conjunto com Grass Valley já está formado há um tempo então deu tudo certo! Com uma surpreendente nota no adestramento de 67% e 0 no cross com 6 segundos de estouro de tempo e 0 no salto", comemora o jovem talento de apenas 21 anos . "Agora é preciso cuidar do meu principal cavalo que é o Grass Valley, uma vez que ele já tem índice olímpico. Meus planos agora são qualificar meu cavalo novo Phineas Finn para os Jogos e começar a temporada em março fazendo um concurso em Portugal."

Na Copa das Nações a Irlanda foi campeã com 174,90 pontos perdidos. O vice-campeonato ficou com os EUA, 170,10 pontos. Nova Zelândia com participação bicampeão olímpico Mark Todd, treinador do Time Brasil de CCE, emplacou na 3ª colocação, 198,90 pontos perdidos.

1º Nicola Wilson / Bulana - GBR - 47,10 pontos perdidos
2º Blyth Tait / Xanthus II - NZL - 49,20 pontos perdidos
3º Kristina Cook / Billy the Red - GBR - 50,50 pontos perdidos
4º Gabriel Cury / Grass Valley - BRA - 50,8 pontos perdidos


Outras Notícias

Rua Corumbá, 4000 - Candeias
Jabotão dos Guararapes - PE | 54430-200

chzs@chszs.com.br
+55(81) 3469-3290 | 8737-5009

+55(81) 98802-5000

ZAITE Tecnologia