Notícias

10/12/2013

Brasília recebe pela segunda vez a grande final 2013 do FEI Children

<<Prev Next>>

A cada ano a Federação Equestre Internacional realiza a FEI Children’s International Classics visando o incentivo às categorias de base e em 2013 o Brasil tem a honra que sediar a grande Final pela segunda vez. A Sociedade Hípica de Brasília recebe o evento entre 10 e 15/12. A primeira vez foi em 2002.

A cada ano, jovens talentos pelo mundo afora concorrem a no máximo duas vagas por país e uma seletiva que tem a seguinte estrutura: Os concorrentes saltam dois dias de provas com dois percursos distintos por prova. As pistas são idênticas às aplicadas em seletivas por todo mundo. A classificação final se dá pela soma das penalidades dos quatro percursos e a soma dos tempos dos segundos percursos de cada dia. Ao final, após análise da FEI, os 16 melhores conjuntos são convocados. Já o país anfitrião, por sua vez, tem direito a 16 vagas. Cada cavaleiro anfitrião traz para a competição dois animais. Por sorteio é decidido com qual animal ele participará do concurso e o outro animal será sorteado para um ginete estrangeiro.

"O evento é super importante considerando a grande disputa para conseguir a vaga a cada ano. Como esse ano é no Brasil, podemos participar com 16 mirins e todos com dois cavalos de qualidade. Certamente teremos um páreo acirrado, considerando o elevado nível técnico dos cavalos e cavaleiros pois os estrangeiros também estarão bem montados", destaca Caio Sérgio de Carvalho, coordenador de Salto e técnico das categorias de base.

A Final é disputada individualmente e por equipes. As equipes são formadas por quatro atletas sorteados, sendo dois do país anfitrião e dois estrangeiros. As provas começam com obstáculos a 1,10 metro de altura no warm up na quarta-feira, 11/12, sobem para 1,15m nas duas etapas qualificatórias de quinta e sexta-feira e terminam em 1,20m na prova final do domingo, 15, reservada para os 50% melhores colocados na qualificatórias, ou seja, 8 brasileiros e 8 estrangeiros, que terão as penalidades zeradas. Os outros atletas têm a oportunidade de saltar a prova Farewell.

"Esse é um dos evento mais importantes que envolve a categoria children, pois além do grau de dificuldade pela boa armação remete essa nata jovem a um intercambio no hipismo com os melhores atletas da mesma categoria a nível mundial. Isso proporciona aos nossos atletas uma excepcional experiência internacional, além da grande integração e fair play como os competidores internacionais que montam cavalos cedidos pelos brasileiros.

Vale destacar ainda a confraternização dos atletas, juízes, famílias e dirigentes que faz do FEI Children um evento único. Gostaria de agradecer particularmente ao Ronaldo Bittencourt, vice-presidente da CBH, Luis Roberto Giugni, presidente da CBH, e Flávio Grillo, presidente da Federação Hípica de Brasília, e Rodrigo Gomes, presidente da entidade anfitriã. pela coragem e ousadia de trazer um evento FEI dessa magnitude para o Brasil.

A colombiana Yolanda Matallana Trivino preside o juri e Oscar Soberon do México desenha os percursos.

Os atletas brasileiros e suas montarias

Bernardo Braga de Albuquerque Pereira / Spring Way e Land Hermosura Joter - Brasília - Brasil
Daniel Emilio Wenzel / Marquis Du Cerisier ou Wanted - São Paulo - Brasil
Felipe Piza de Toledo de Lorenzo / Belt Walentina e Belt Elegido - São Paulo - Brasil
Filipe Baratella Risi / Cordina e HBR Digital - São Paulo - Brasil
Filipe Blaauw / Bubaj e Modena TW - São Paulo - Brasil
Gabriel Fragnan Villela / Xandú Itapuã e Delicaten Itapuã - São Paulo - Brasil
Giovanna Lara de Freitas / Intoyka e Carole Van’t Bosveld - São Paulo - Brasil
Henry Hardman Virgulino / Bayza TW e Ravel Vila Fal - Paraíba - Brasil
Lara Potechi Grigoletto / Pérola Negra e Calisco Jr. - Minas Gerais - Brasil
Leonardo Parzianello Nassif / Rupina Jmen e Lousiania Jmen - Mato Grosso - Brasil
Paulo Roberto Brasileiro de Miranda / Supranor Dijon JC e Supranor Larissa HV - Pernambuco - Brasil
Pedro Grandi Backheuser / Scott e Desire de Pals - Santa Catarina - Brasil
Pedro Malucelli Egoroff / Valeria e Cor de Val - São Paulo - Brasil
Samanta Barbosa Tiveron / Upsakee e Carlota Jmen - Brasília - Brasil
Siew Chiang Cheng Asterix e Up to You - Brasília - Brasil
Thales Gabriel de Lima Marino / Balla 12 e Idort Pharamond - São Paulo - Brasil

Os participantes estrangeiros

Bautista Tassara - Argentina
Manuel Chechic - Argenitna
Samantha Starratt - Canadá
Camille Conde Ferreira - França
Charlie Jones - Grã Bretanha
William Fletcher - Grã Bretanha
Tim Hartlaub - Alemanha
Nicole Meyer - México
Tanimara Macari - México
Maddison Bult - Nova Zelândia
Sylvia Dixon - RSA - África do Sul
Travis Dawson - África do Sul
Anastasiya Kirnarskaya - Russia
Ghali Al Zaibak - Síria
Constanza Römer - Venezuela
Mariana Sadde - Venezuela

O Brasil na competição

Em 2002 em Brasília o pódio foi 100% verde amarelo: Ouro – Maira Machado Pinheiro / Astúcia, prata – Fabio Genes / Top Model, bronze – Fernando Pasmanick Schilis / Tamara II.

Em 2003, no Canadá, Fabio Genes honrou o Brasil com a medalha de prata.

Em janeiro de 2012, a Final 2011 do Fei Children´s International Jumping foi em Hong Kong e teve como campeã a brasileira Sarah Vasconcellos com Cornwall Chiefs, também ouro por equipes.

Fotos: Sociedade Hípica de Brasília


Outras Notícias

Rua Corumbá, 4000 - Candeias
Jabotão dos Guararapes - PE | 54430-200

chzs@chszs.com.br
+55(81) 3469-3290 | 8737-5009

+55(81) 98802-5000

ZAITE Tecnologia